top of page

Jinjer confirma nova turnê na América Latina; Heaven Shall Burn é a banda convidada

Bandas ucraniana e alemã, do alto escalão da música pesada mundial, fazem 13 shows entre novembro e dezembro de 2024



Jinjer | Crédito: Lina Glasir


Liberation Music Company & Napalm Events orgulhosamente anunciam o retorno à América Latina entre fim de novembro e dezembro de 2024 da banda ucraniana Jinjer com seu metalcore progressivo e repleto de nuances e atmosferas. Como convidados especiais em todos os shows da turnê, com a exceção do México, estão os pesos pesados do Heaven Shall Burn, uma das mais consagradas e talentosas formações do melodic death metal/metalcore em todo o mundo.


O Jinjer tem 13 shows na América Latina, entre Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, México e Brasil, enquanto o Heaven Shall Burn volta para uma agenda de 10 apresentações – as bandas farão uma turnê conjunta, exceto nas três datas em território mexicano.


No Brasil, Jinjer e a convidada especial Heaven Shall Burn realizarão seis shows. O primeiro compromisso desta pesada e imperdível turnê conjunta será em Porto Alegre/RS, no dia 30/11, Bar Opinião. Em seguida, as bandas tocam dia 1º/12 em Curitiba/PR, no Tork and Roll.


As bandas seguem para Belo Horizonte/MG, dia 3/12, no Mister Rock, além de Brasília/DF no dia 5/12, no Toinha e no Rio de Janeiro/RJ, dia 7/12, no Circo Voador. A última data no Brasil é em São Paulo/SP, dia 8/12, no Terra SP.


A turnê segue para a Argentina, onde Jinjer e Heaven Shall Burn tocam em Buenos Aires (Teatro Flores) dia 10/12. Depois é a vez do Chile receber ambos os shows, dia 12/12 em Santiago (Teatro Caupolican), e na sequência será na Colômbia, dia 14/12, em Bogotá (Calle 13).


Na América Central, as bandas se apresentam na Costa Rica, com show dia 15/12 em San José (Pepper’s Club).


Já no México, o Jinjer, sozinho, tem datas dia 18/12 em Guadalajara (C4), dia 19/12 em San Luís Potosi (Centro de las Artes) e na Cidade do México no dia 20/12, no Circo Volador.


Nestes shows, Jinjer e Heaven Shall Burn prometem um set list repleto de clássicos e músicas veneradas pelo público, além de possíveis novidades.


Jinjer

A banda de metal de maior popularidade de todos os tempos da Ucrânia, Jinjer está desde a sua formação, em 2009, provando que a música pesada pode se inovar e chegar ao grande público. Assim como o Heaven Shall Burn, também volta à América Latina mais uma vez por meio da Liberation.


O quarteto, hoje Tatiana Shmayluk (vocal), Roman Ibramkhalilov (guitarra), Eugene Abdukhanov (baixo) e Vlad Ulasevich (bateria), apresenta a cada álbum uma mistura ousada de death metal, metal progressivo, nu metal, groove metal e djent.


A banda ganhou notoriedade pela primeira vez na Europa após vencer o prêmio "Best Ukrainian Metal Act Award" do selo InshaMuzyka de Kiev, em 2013, graças ao seu primeiro EP: "Inhale, Don't Breathe".


Em 2016 a banda repetiu o feito, dessa vez levando junto o prêmio de melhor videoclipe com a música I Speak Astronomy. Esses feitos chamaram a atenção da Napalm Records, selo por onde a banda lançou seu terceiro álbum: King of Everything. O disco ficou conhecido após a música ‘Pisces’ ter viralizado no YouTube, com muitos destacando a performance vocal de Tatiana.


Após o sucesso do terceiro disco Macro e turnês mundiais ao lado de bandas como Slipknot, sempre com shows lotados, Jinjer solta o ambicioso e técnico disco Wallflowers, com um groove implacável e contagiante, que a fez crescer ainda mais de conceito e popularidade entre fãs e mídia especializada da música pesada.


Heaven Shall Burn

O Heaven Shall Burn é uma instituição do metal europeu, na ativa desde 1996 e com diversas passagens pelo Brasil, sempre por meio da Liberation. A banda, atualmente formada por Marcus Bischoff (vocal), Maik Weichert (guitarra), AlexanderDietz (guitarra), Eric Bischoff (baixo) e Christian Bass (bateria), desde o início dos anos 2000, com os discos Whatever It May Take e Antigone, escancarava energia e agressividade de um metalcore ímpar, consagrado em definitivo com Iconoclast (Part 1: The Final Resistance).


Mais informações



Texto por assessoria.

Comments


bottom of page