top of page

Tarja e Marko Hietala em São Paulo – reencontro aguardado pelos artistas e público

No último dia 8 de março, a dupla e a banda iniciaram uma série de shows no Brasil após um longo afastamento, realizando um show que os fãs de Tarja e do Nightwish não imaginavam que pudesse acontecer



Foto por Chrislen/@eutonagrade


Tarja é uma artista que desperta grande expectativa ao anunciar um show, pois ela é uma cantora com trabalhos e trajetórias renomadas.


A finlandesa segue um fluxo intenso de shows e lançamentos, que incluem, entre os trabalhos recentes, uma compilação de hits (2022), experimentações com diferentes colaboradores de outros gêneros em 'Outlanders' (2023) e músicas natalinas intituladas 'Dark Christmas' (2023). 'In the Raw' (2019) é o último trabalho com músicas inéditas entre os seis álbuns de estúdio da cantora no metal sinfônico e que integram seu setlist.


Entretanto, a novidade desse show é o convidado especial, Marko Hietala, antigo parceiro de Tarja no Nightwish, banda em que ambos desenvolveram trabalhos que alcançaram um grande público pelo mundo, em especial, com o álbum 'Once' (2004).



Ainda que Tarja inclua músicas do Nightwish em seus shows, não havia a possibilidade de ouvir algumas, como a afamada 'Wish I Had an Angel', visto que o dueto com Marko é único. Ambos estavam afastados, tendo o reencontro acontecido em 2023, após 18 anos de separação. A partir disso, agendaram uma série de shows que deixaram os fãs de ambos, e também do Nightwish, entusiasmados.


São Paulo foi a primeira cidade brasileira a receber o show. O evento ocorreu no dia 8 de março, no Tokio Marine Hall, onde Tarja se apresentou em setembro de 2023 (cobertura aqui). A abertura do evento foi realizada pela banda paulistana Allen Key, que empolgou o público, demonstrou presença e também se declarou entusiasmada com a recepção de Tarja e Marko.


O segundo momento da noite contou com um show de Marko ao violão, acompanhado pelo músico Tuomas Wäinölä. A atmosfera era intimista - inclusive, Marko estava descalço - fazendo com que todos pudessem contemplar o trabalho de Marko tranquilamente. Poder olhar nos olhos de Marko enquanto ele dialogava com o público, empolgado com a experiência de estar ali, tornou o evento mágico. Compartilhando a experiência com amigos, pude perceber que todos ficaram arrepiados ao ouvir a dupla.


Uma das músicas apresentadas que eu gostaria de destacar é 'The Islander', que faz parte do álbum 'Dark Passion Play' (2007), período em que a vocalista do Nightwish era a sueca Anette Olzon. A música foi gravada e era apresentada ao vivo por Marko, no entanto, como faz parte de um período da banda em que Tarja não fazia mais parte, eu não esperava ouvi-la. Foi uma apresentação muito sensível, deixando a expectativa para o que estava por vir ainda maior.



Foto por Chrislen/@eutonagrade


O intervalo para o show da Tarja foi curto, no entanto, o público parecia ansioso pelo show da noite. Sempre há uma grande expectativa até sua entrada, que foi precedida por uma música de fundo, telão com imagens, a banda entrando e o público gritando.


A introdução de 'Eye of the Storm' faz a contagem regressiva até a entrada de Tarja, que segue de forma fulminante até o ápice do refrão da música. Durante todo o show, Tarja se mostra agradecida por estar ali, mencionando outros períodos em que esteve no Brasil ao longo das décadas.


Foto por Chrislen/@eutonagrade


No segundo ato do show, a cantora aparece com outra roupa, trocando de uma toda preta para uma camisa prateada. Aqui, Marko acompanha a cantora com um repertório que inclui tanto músicas do Nightwish quanto da própria Tarja, como 'Dark Star', que possui vocais masculinos.


Ambos se mostram muito empolgados com a ocasião, saudando a plateia inúmeras vezes. Tarja diz estar feliz, e, em tom de brincadeira e timidez, pergunta se Marko também está, recebendo uma resposta positiva. Dentre as músicas de destaque, podemos incluir 'Left on Mars', composição inédita que sela a parceria dos dois; 'Planet Hell', que foi uma surpresa para todos que acompanharam as previsões de setlist; e 'Wish I Had an Angel', talvez a mais esperada por todos na noite, culminando na explosão de energia de ambos.



Foto por Chrislen/@eutonagrade


Como se não bastasse a grande energia do show, Tarja proporcionou um terceiro momento repleto de músicas consagradas de seu repertório, como 'I Walk Alone', que marcou o início de sua carreira solo; a enérgica 'Victim of Ritual'; e 'Until My Last Breath', do segundo álbum da cantora, 'What Lies Beneath' (2010), remasterizado este ano. No final, Marko retorna para a última música da noite: 'Over the Hills and Far Away'. Na verdade, muitos esperavam por 'The Phantom of the Opera', porém, esse desejo não foi realizado. Tarja se despediu e deu a impressão de que ela não poderia ficar ali para atender a esse pedido, que, se dependesse apenas dela, a cantora atenderia de coração aberto.


Declarando de forma mais pessoal, achei o show muito emocionante e difícil de descrever em palavras. Quem já viu Tarja ao vivo há de concordar que sua potência vocal, entrega e presença são impressionantes. Terminando a música 'I Walk Alone', a cantora disse que caminha conosco, o público, e de fato esse show me fez sentir que a artista se conecta com sua audiência. Foi uma realização da adolescência ouvir Tarja e Marko juntos depois de todos os acontecimentos após o afastamento da cantora do Nightwish. Algo que eu não imaginava que poderia ouvir ao vivo. Tarja tem uma carreira solo de grande qualidade e ver essa mescla com músicas do Nightwish mostra o quanto a cantora se torna essencial nos projetos com os quais se envolve. Aguardo por novidades de sua carreira e novas apresentações no Brasil.



Setlist Marko Hietala:

Stones

Crazy Train (Ozzy Osbourne cover)

Two Soldiers

Holy Diver (Dio cover)

The Islander (Nightwish song)

Children Of The Grave (Black Sabbath cover)


Setlist Tarja

Eye of the Storm

Demons in You

Die Alive

Diva

Shadow Play

Dead to the World (com Marco Hietala)

Dark Star (com Marco Hietala)

Left on Mars (com Marco Hietala)

Dead Promises (com Marco Hietala)

Planet Hell (com Marco Hietala)

Wish I Had an Angel (com Marco Hietala)

I Walk Alone

Victim of Ritual

Innocence

Until My Last Breath

Over the Hills and Far Away (com Marco Hietala)


Texto e Fotos por: Chrislen Fotos aqui








Comments


bottom of page